Maracanã poderá receber 40 jogos em 2017, mas governo não define licitação

O nome do Maracanã fica muito tempo sem uma definição quanto ao seu futuro. A Odebrecht quer deixar uma administração do estádio, mas o Governo do Estado não é um sinal sobra esperada nova licitação. Ainda há uma expectativa do edital ainda no mês de novembro, mas essa possibilidade parece cada dia mais remota.

O custo de manutenção do palco da final da última Copa do Mundo gira em torno de R $ 15 milhões por ano. Fora despesas extraordinárias como um eventual reparo na cobertura ou mesmo um conserto num dos telões do estádio.

Em meados de 2017, foram retomadas às visitas ao estádio até dezembro, perto de 70 mil pessoas em frente ao Maracanã. Como projeções estão a cargo de visitantes, turistas na maioria, gerar R $ 5 milhões por ano.
O Flamengo e Maracanã
Enquanto o Governo do Estado não define como regras de um novo edital, o Flamengo continua os estudos para uma construção de um estádio em Manguinhos a 5 km do Maracanã.
Caso o clube de maior torcida compre o terreno, o futuro do Maracanã como palco mais importante do futebol carioca ficará ainda mais nebuloso.
Reportagem: ESPN
Marcadores:

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

{facebook#https://www.facebook.com/oficialsouflamengo} {twitter#https://www.twitter.com/SiteFlaHoje} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/+FlamengoHoje} {youtube#https://www.youtube.com/create_channel}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget