Federação Peruana tenta evitar foco em Guerrero; veja

A suspensão da Fifa por doping tirou Paolo Guerrero dos jogos mais importantes de sua seleção nas últimas décadas. A dois dias do jogo decisivo pela repescagem, diante da Nova Zelândia, a Federação Peruana de Futebol (FPF) tenta evitar que a comoção pelo camisa 9 desvie o foco no confronto. O silêncio sobre o assunto, no entanto, não impede a ''presença da ausência'' do atleta do Flamengo em seu país.

Ele está nas propagandas, nas revistas e, principalmente, na camisa dos torcedores. Ao conversar com torcedores em Lima, é fácil entender o tamanho da perda que a punição provisória da Fifa - por 30 dias - representa.

É ídolo.... mas Federação evita comoção
A postura da Federação Peruana de Futebol nos últimos 10 dias dividiu a opinião pública do país. A única posição oficial foi aquela do dia 3 de novembro, confirmando o resultado adverso de doping e a suspensão provisória de 30 dias imposta pela Fifa ao seu principal jogador. Algumas declarações de apoio rasas e só.

A intenção nítida é de não retirar o foco do que realmente importa para a seleção: classificar para a Copa do Mundo. Há, claro, uma questão jurídica que faz com que oficiais como o médico do time, Julio Segura evitem comentar o caso de forma mais técnica. Ele foi procurado pela reportagem e explicou o porquê do silêncio.

- O caso está em investigação. Não tenho autorização da Federação para falar sobre o assunto. Estamos concentrados, em um momento muito delicado. Guerrero é um dos nossos principais jogadores e não podemos nos manifestar para não atrapalhar o processo – disse o médico da FPF.

Jornais esportivos também não focam mais na ausência
A postura de Federação se reflete na cobertura esportiva do país. Os principais jornais peruanos nesta semana estampam capas de apoio ao time. Boa parte das matérias dos veículos especializadas estão voltadas justamente para Jefferson Farfan, substituto de Guerrero.



Garoto-propaganda
Atuando no futebol brasileiro desde 2012, quando chegou ao Corinthians, Guerrero sempre foi mais discreto. Tanto no Rio quanto em São Paulo, sua agenda publicitária é bem enxuta, praticamente aquelas que fazem parte de seu contrato com o clube. No Peru, no entanto, a idolatria o transformou em garoto propaganda de marcas.



Sucesso nos programas de fofoca
A fama fez do jogador um dos personagens preferidos dos programas e revistas de fofoca. No Peru, ele é questionando por frequência sobre sua vida pessoal. Namoradas e ex-namoradas repercutem tanto quanto seus gols. É comum, inclusive, ver Guerrero irritado com questionamento deste tipo.

Na madrugada de quarta-feira para quinta, será disputado o último capítulo da saga peruana rumo ao Mundial da Rússia. Pela repescagem da Copa, a equipe recebe a Nova Zelândia, no Estádio Nacional de Lima. O jogo será à 0h15, de Brasília.

Qualquer vitória simples garante a classificação. No primeiro jogo, empate por 0 a 0. Torcedores do país organizam através das redes algumas manifestações de apoio ao camisa 9 antes do jogo.
Fonte: Globo Esporte

A intenção é de não retirar o foco do que realmente importa para a seleção: voltar a disputar uma Copa do Mundo após 36 anos. Imagem do atacante é muito forte no país.

Marcadores:

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

{facebook#https://www.facebook.com/oficialsouflamengo} {twitter#https://www.twitter.com/SiteFlaHoje} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/+FlamengoHoje} {youtube#https://www.youtube.com/create_channel}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget