Rueda valoriza luta do Flamengo e pede apoio aos mais jovens

O Flamengo enfrentou o Vasco da Gama pela 31ª rodada do Brasileirão, neste sábado, no Maracanã, e não saiu de um empate sem gols, apesar da maior posse de bola e de criar várias chances para marcar. As duas maiores oportunidades do jogo foram protagonizadas por dois jovens oriundos das categorias de base do clube.

No primeiro tempo, Lucas Paquetá, que substituiu o lesionado Paolo Guerrero no comando do ataque, recebeu cruzamento na área de Everton e se viu de frente para o gol na altura da marca do pênalti. Na conclusão, chutou rasteiro para fora.

Na segunda etapa, Paquetá foi substituído por Felipe Vizeu. Aos 36 minutos, quando era grande a pressão rubro-negra em cima do Vasco, Vinicius Jr. cruzou da esquerda e Felipe Vizeu subiu sozinho para cabecear do outro lado. O centroavante testou para o chão, mas passou um pouco da bola, que saiu fraca e nas mãos do goleiro Martín Silva.

Na sua coletiva de imprensa após a partida, o técnico Reinaldo Rueda saiu em defesa de seus atletas e valorizou o espírito de luta da equipe, que no meio da semana disputou uma partida importante contra o Fluminense pela Copa Sul-Americana, enquanto o Vasco teve tempo para treinar e descansar.

“Temos que ressaltar que jogamos com menos de 72 horas de recuperação. Nenhum atleta pediu para não jogar ou para sair. Isso é positivo, é um bom indicador do que está vivendo a equipe. Diante de um rival que não jogou na quarta-feira, criamos situações de gol. Devemos respaldar Paquetá e Vizeu, que estão evoluindo,” afirmou Rueda.

O empate não foi um resultado bom para a campanha da equipe em busca de uma vaga na Libertadores do ano que vem, mas Rueda tenta manter o otimismo. 

“Queríamos e trabalhamos para ganhar. Buscamos, mas não conseguimos. Temos que olhar todo o positivo que fizemos. Está tudo muito perto e disputado, faltam rodadas ainda. Vamos melhorar e no final trabalhar bem”, completou.

O Flamengo volta a campo nesta quarta-feira, para a partida de volta das quartas de final da Sul-Americana, diante do Fluminense. A competição também pode dar uma vaga na Libertadores, e o meia Diego garantiu que a equipe não vai priorizar nenhuma delas.

“Temos dois caminhos e iremos com força total nesses dois caminhos. Não vamos priorizar”, afirmou, na zona mista do Maracanã, após o clássico.
Fonte: ESPN
Marcadores:

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

{facebook#https://www.facebook.com/oficialsouflamengo} {twitter#https://www.twitter.com/SiteFlaHoje} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/+FlamengoHoje} {youtube#https://www.youtube.com/create_channel}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget