Ministro do STF liberta Flávio Godinho, ex-vice de futebol do Fla

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, concedeu habeas corpus a Flavio Godinho, ex-vice-presidente de futebol do Flamengo. Godinho é apontado como braço-direito do empresário Eike Batista.




O ex-vice de futebol estava em prisão domiciliar por ordem do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal no Rio de Janeiro, responsável pela Lava-Jato. A decisão havia sido confirmada pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região, no Rio, e pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).
O ex-vice de futebol estava em prisão domiciliar por ordem do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal no Rio de Janeiro, responsável pela Lava-Jato. A decisão havia sido confirmada pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região, no Rio, e pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Flávio Godinho terá que comparecer periodicamente perante um juiz para informar suas atividades, está proibido de manter contato com os demais investigados e de deixar o país. Terá ainda que fazer recolhimento domiciliar no período noturno e nos fins de semana e feriados.
Flávio Godinho foi preso no dia 26 de janeiro deste ano numa operação da Lava-Jato. No mesmo dia o Flamengo e a Carabao faziam o lançamento oficial da parceria. Em seguida, Godinho foi exonerado por Bandeira que passou a acumular a pasta de futebol.
Fonte: Coluna do Flamengo

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, concedeu habeas corpus a Flavio Godinho, ex-vice-presidente de futebol do Flamengo.

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

{facebook#https://www.facebook.com/oficialsouflamengo} {twitter#https://www.twitter.com/SiteFlaHoje} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/+FlamengoHoje} {youtube#https://www.youtube.com/create_channel}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget