Mércio Querido: “Magia do Clássico traz futebol ao Maracanã"

Aleluia, Igreja.

E não é que teve jogo? Após nossas recentes experiências de mata-mata nas partidas contra Botafogo e Cruzeiro na Copa do Brasil, quando presenciamos mais de 360 minutos de pouca emoção, e dadas as últimas apáticas atuações pelo Brasileiro, durante o dia foi detectada pouca empolgação nas redes sociais para o Clássico dessa quarta.
Como o futebol é mesmo uma caixinha de surpresas, a dupla Fla-Flu protagonizou algo que seria normal, mas que anda muito raro de encontrar nas disputas tupiniquins: uma partida de futebol interessante.
Na primeira etapa, naqueles tais 10 minutos iniciais que vêm sendo um representativo cartão de visitas do que podemos esperar do Flamengo em cada ocasião, já dava pra perceber que havia esperança e vestígios de futebol em campo.
Já começou de forma positiva quando foi anunciada a escalação. De forma oposta ao jogo contra o São Paulo no final de semana, a Nação pôde respirar aliviada ao tomar conhecimento dos 11 iniciais. Com as peças disponíveis, acredito que a formação possa ser considerada óbvia e esperada por pelo menos uns 80% da torcida. E quando a bola rolou deu pra perceber uma pequena mudança de atitude, que representa um enorme passo em direção ao que a torcida minimamente espera do time.
Dominamos de forma inquestionável a primeira etapa. Ok… Não aconteceu exatamente um massacre com 500 oportunidades de gol por minuto, mas dava pra sentir que era uma atuação que poderia sim arrancar a vitória. O gol veio de forma bem representativa disso, com uma troca de passes envolvente para invadir a área adversária, com direito à classe do Everton Ribeiro. Olhou para um lado, tocou para o outro e deixou o Arão na boa pra finalizar e (Aleluia, Igreja, Mais Uma Vez) encontrar o Everton (poderia ser qualquer outro) SE APRESENTANDO NA PEQUENA ÁREA para aproveitar o rebote do goleiro. Parece pouco porque é pouco mesmo, mas só essas migalhas de empenho e coerência desportiva já fizeram uma Nação inteira acordar um pouco mais confiante na manhã dessa quinta.
Como sempre digo, não entendo bulhufas do time dos outros. Sempre me impressiona como os caras  do Blog do Torcedor do Fluminense no GE são detentores de um vasto conhecimento técnico e estratégico sobre o Flamengo. Experimenta uma olhada no texto de ontem por lá. Apesar de que faz certo sentido. Como a arcoirizada constantemente exerce a Arte da Secagem Explícita em qualquer jogo-treino e sem importância do Mais Querido, a repetição só pode mesmo trazer conhecimento. Fato é que o fluminenCe mudou sem mudar na segunda etapa e eu não faço ideia do motivo. Aparentemente um desenrolo ou um esporro do Abel nos 15 minutos do intervalo fez os caras voltarem do vestiário virados no Jiraya.
O Flamengo nos assombrou um pouco dando aquela recuada e arrefecida nos ânimos durante boa parte da etapa complementar. Ainda que não estivesse faltando raça e a famosa Intensidad tão pedida pelo Profe, o flu pressionou, pressionou, e a sensação de que o empate era uma questão de tempo pintou. Felizmente, e permitam que eu comemore isso em Caps Lock, NÓS TEMOS GOLEIRO. Ok… Temos trave também, que soube ser providencial em arremate tricolor dentro da área.
Pra não dizer que tudo são flores (epa… Escapou, mas a intenção inicial nem era de bullying com o adversário), além da instabilidade momentânea que foi até razoavelmente aceitável, podemos cornetar um cadito pela demora do Profe em fazer alteração na equipe. Aliás, hilária e extremamente mememizável a reação do torcedor ao fundo enquanto o Rueda dava instruções ao Saraujão da Massa. Diga-se de passagem, ao tirar um cara lá da frente e colocar nosso cão de guarda, tendo em vista a empolgação tricolor naquele momento do jogo, rolou um leve revival sobre algumas alterações defensivas polêmicas e mal sucedidas que o técnico anterior vez ou outra promovia. Mas felizmente deu certo e Márcio Araújo entrou bem para ajudar a diminuir um pouco o domínio de momento do adversário.
Li aqui e acolá que o jogo foi todo nosso no primeiro tempo e todo dela… Ops… Deles no segundo. Injusto. Durante boa parte da etapa final o domínio do adversário foi mesmo preocupante, mas o Flamengo soube equilibrar um pouco as coisas com o passar do tempo. Até bola na trave adversária teve. Uma pena essa do Juan não ter parado nas redes. Além de premiar com sorte (ele pareceu estar tentando tocar pro Arão) mais uma excelente atuação do nosso “moleque”, daria uma excelente vantagem para o jogo da próxima quarta, quando esperamos que mais uma vez o futebol se faça presente no Maracanã.
Agora aquela perguntinha básica para os nossos jogadores: Doeu? É tão difícil assim entrar em campo e se dedicar?
Sábado tem mais Clássico e segue a nossa bruxa cada vez mais solta enquanto o Halloween se aproxima. Ainda não rolou o exame enquanto escrevo esse texto, mas é quase certo que perdemos também o Réver por um tempo. É compensar na disposição. Decerto que a torcida também não deve estar exatamente com a confiança 100% restabelecida no grau de envolvimento da equipe, mas é certo também que muitas vezes tudo que a gente precisa é ver um pouquinho de empenho do lado de lá para o apoio crescer 150% do lado de cá.
Sem exageros de empolgação porque afinal… Vencer Fla-flu é normal.
Bora torcer.
Isso aqui é Flamengo.
PETISCOS
. DE VOLTA? Não foi de forma alguma uma atuação de gala, mas o Diego vem melhorando a cada jogo. Excelente notícia e fundamental para esse pequeno e importante complemento de temporada.
. QUE SE PASSA? Da mesma forma que a gente imagina que o Geuvânio e o Gabriel devem treinar nível CR7 e Messi no CT para continuarem entrando em alguns jogos, dá até medo de especular sobre o desempenho do Vinícius Jr. nos tais Treinamentos Fechados. Ou entra aos 59 da etapa final dos jogos ou nem entra.
. OSTENTAÇÃO. Uma outra forma de encarar isso é… Já parou pra pensar que no nosso elenco tem um jogador que serve pro Real Madrid e não serve pro Flamengo?
. XENOFOBIA? Um brother meu afirma categoricamente que o Rueda é o pior técnico da história do Flamengo. Exagero descabido. Um outro, sem pensar muito, fez uma breve lista com 18 nomes pra rebater a afirmação.
Fonte: Blog Boteco do Fla | globoesporte.com
Marcadores:

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

{facebook#https://www.facebook.com/oficialsouflamengo} {twitter#https://www.twitter.com/SiteFlaHoje} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/+FlamengoHoje} {youtube#https://www.youtube.com/create_channel}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget