Lesão pode adiantar ida de Diego para a reserva do Flamengo

Diego fazendo fisioterapia em piscina do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
ESPN: Contratado no ano passado para a ser a referência do time do Flamengo, o meia Diego vive atualmente um dos momentos mais conturbados em sua passagem pelo clube. O mau desempenho dentro dos gramados tem sido motivo de críticas. A falta de liderança da equipe em campo também tem sido, de certa forma, jogada em suas costas. Agora, cortado da Seleção Brasileira que está disputando as Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, o jogador precisa se recuperar de uma lesão na coxa esquerda, que pode, inclusive, acelerar um processo de saída do time titular.

Aos 32 anos, Diego sofreu uma lesão no primeiro semestre, o que lhe tirou de campo na reta final do Campeonato Carioca, único título que venceu com a camisa do Flamengo até aqui. Durante o período, sofrendo com a falta de criatividade no meio-de-campo, o Rubro-Negro foi eliminado na fase de grupos da Copa Libertadores, entrando em crise. No retorno aos gramados, o meia não conseguiu render o esperado.

Diego viveu seu melhor momento nas semifinais da Copa do Brasil, quando marcou o único gol contra o Botafogo que levou o time à final. Mas até naquele lance a maior parte do mérito foi dada ao atacante colombiano Orlando Berrío, pela construção da jogada com um belo drible. Na semana passada, já muito questionado, o jogador caiu em desgraça ao perder o pênalti na disputa contra o Cruzeiro, que acabou ficando com a taça na Copa do Brasil.

A pressão aumenta a cada dia. Na segunda-feira, durante seu programa no canal Esporte Interativo, Zico fez críticas à falta de liderança no time do Flamengo. As críticas foram interpretadas por torcedores em redes sociais a Diego. 

“O time do Flamengo está sem atitude, sem liderança, sem impor respeito”, disse Zico.

O técnico Reinaldo Rueda deu a entender em alguns momentos que não é simpático à ideia de escalar Diego e Everton Ribeiro juntos. Como o segundo está em bom momento, o treinador pode aproveitar a lesão de Diego para barrar de vez o ex-santista.

Dentro de campo o elenco treinou na manhã desta quinta-feira sem o zagueiro Réver e o meia Vinicius Júnior, ambos com dores na perna direita. Nesta sexta-feira o plantel volta a trabalhar na parte da manhã. O Rubro-Negro volta a campo somente no dia 12 de outubro, quando encara o Fluminense, às 17h (de Brasília), no Maracanã, pela 27° rodada do Campeonato Brasileiro.

O técnico Reinaldo Rueda deu a entender em alguns momentos que não é simpático à ideia de escalar Diego e Everton Ribeiro juntos.

Marcadores:

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

{facebook#https://www.facebook.com/oficialsouflamengo} {twitter#https://www.twitter.com/SiteFlaHoje} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/+FlamengoHoje} {youtube#https://www.youtube.com/create_channel}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget