Flamengo afirma que futebol virtual está no radar

Foto: Matheus Tibúrcio
SPORTV: O Flamengo revelou como vai entrar no cenário competitivo de League of Legends e agora paira a dúvida: e o futebol virtual? O vice-presidente de marketing do Rubro-Negro, Daniel Orlean, já disse anteriormente que a modalidade será contemplada pelo clube, mas por ora, ele faz mistério sobre de qual maneira se dará o investimento. Certo mesmo é que será no Pro Evolution Soccer, game produzido pela Konami, que tem contrato de exclusividade com o Flamengo.

- A gente tem esse contrato com a Konami, então esporte eletrônico não é novidade para o Flamengo nesse sentido. A gente também tem uma estratégia de participar competitivamente do cenário de PES. Isso vamos anunciar em breve como vai acontecer. Quem a gente quer trazer, se vai ter seletiva ou não... Hoje o dia era principalmente focado no LoL, que é a maior audiência e a maior demanda que estamos encontrando no nosso público. Mas sim, os torcedores vêm perguntando como vamos funcionar no futebol eletrônico. Estamos estudando isso - comentou Orlean ao SporTV.com, após a coletiva do anúncio das seletivas de League of Legends.

De forma indireta, o Flamengo já teve um jogador profissional no PES. O brasiliense Kemylson Keylon foi o representante rubro-negro na primeira edição do e-Brasileirão (ano passado), o campeonato brasileiro de futebol virtual organizado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). O torneio está de volta este ano nos mesmos moldes, mas não necessariamente o representante da vez será contratado pelo Flamengo.

- O e-Brasileirão não atrapalha, ele complementa. O e-Brasileirão é importante porque aumenta a visibilidade em cima do PES. O Flamengo teve recorde de inscrições e isso mostra não só a força da nação rubro-negra no esporte eletrônico como também o interesse nesse produto. A gente está traçando a nossa estratégia ainda para isso. Se vamos ter um atleta independente nosso, se vamos seguir dentro do cenário como é hoje... Mas vocês podem esperar novidades dentro do PES e dentro de outras modalidades de e-sports em breve - disse o dirigente.

O Flamengo conseguiu em julho a aprovação dos Conselhos Fiscal e Administrativo do clube para criar o departamento de e-sports. A administração do projeto fica por conta da Cursor eSports, mesma empresa que administra o esporte eletrônico do Goiás.

O torneio está de volta este ano nos mesmos moldes, mas não necessariamente o representante da vez será contratado pelo Flamengo.

Marcadores:

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

{facebook#https://www.facebook.com/oficialsouflamengo} {twitter#https://www.twitter.com/SiteFlaHoje} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/+FlamengoHoje} {youtube#https://www.youtube.com/create_channel}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget