Lance elege Arão e Fábio os melhores de Flamengo x Cruzeiro

Thiago Neves e Willian Arão em Flamengo x Cruzeiro - Foto: Buda Mendes/Getty Images
LANCE: No primeiro jogo da final  da Copa do Brasil, tudo igual. Flamengo e Cruzeiro empataram por 1 a 1, no Maracanã, e a decisão ficou para o Mineirão no dia 27 de setembro. O grande vilão foi o goleiro Thiago, que falhou logo depois do rubro-negro abrir o marcador e deu chance para Arrascaeta, que veio do banco e retornando de lesão e garantiu o empate. Pelo Fla, Lucas Paquetá marcou. Veja, abaixo, as atuações.

FLAMENGO

4,5
Thiago
Teve pouco trabalho no início. Fez ótima defesa no segundo tempo, mas
vacilou no gol do Cruzeiro.

5,0
Rodinei
Funcionou mais como um zagueiro. Por isso, foi seguro na defesa e tímido
no ataque. Seguiu orientação do seu treinador.

5,0
Réver
Não brincou na marcação. Sóbrio no combate direto, levou vantagem na
marcação aos adversários. Deveria ter ido no rebote de Thiago.

5,0
Juan
No mesmo nível do companheiro de zaga, mas ajudou na saída de bola,
com qualidade. Também deveria ter ido no rebote de Thiago.

5,5
Pará
Trabalhou com mais efetividade no ataque, com duas boas jogadas. Deu
um certo espaço na defesa.

5,5
Márcio Araújo
Discreto, como de hábito. Protegeu a defesa no estilo “formiguinha”,
correndo por quase todos os espaços.

7,5
Willian Arão
O melhor do Flamengo e do confronto de ontem. Teve boa chance de abrir
o placar, após uma cabeçada. É o homem-surpresa do Flamengo.

5,5
Diego
Teve liberdade para pensar o jogo. Tentou algumas bolas aéreas, mas teve
dificuldade para penetrar na defesa cruzeirense.

4,5
Everton
Muito marcado e sem espaço no campo ofensivo, não conseguiu criar boas
jogadas.

6,5
Lucas Paquetá
Sentiu o peso da decisão. Apareceu pouco na primeira etapa. Foi oportunista ao marcar o gol validado pelo árbitro.

6,0
Berrío
A velocidade de sempre. Levou vantagem sobre a marcação de Diogo Barbosa. Fez bons cruzamentos e lutou muito.

4,5
Vinícius Júnior
Tentou dar velocidade ao ataque rubro-negro. Não conseguiu produzir o
que normalmente faz em campo.

4,0
Cuéllar
Nada a acrescentar. Burocrático e sem inspiração.

Gabriel
Sem tempo para mostrar seu trabalho.

5,0
Reinaldo Rueda
Mexeu na equipe no segundo tempo e o gol acabou aparecendo. Tentou
dar mais mobilidade ao time.

CRUZEIRO

​7,5
Fábio
Uma grande defesa no primeiro tempo. Na etapa final, voltou a brilhar. Sem culpa no gol levado.

5,0
Ezequiel
Preso à marcação, pouco fez no ataque.

5,5
Léo
Boa postura, nas bolas rasteiras e, principalmente, nas aéreas.

5,5
Murilo
Foi bem no combate e deu respiro na saída de bola.

4,5
Diogo Barbosa
Muita dificuldade para segurar Berrío. Vacilou algumas vezes.
5,0
Henrique
Muito atrás no combate, abriu espaço para o ataque do Flamengo.

6,5
Hudson
Acertou o chute que originou o gol de empate. Marcou bem.

4,5
Robinho
Apagado no primeiro tempo, pouco ajudou na frente.

5,5
Thiago Neves
Jogador mais efetivo do Cruzeiro, mas nada que levasse muito
perigo ao gol rubro-negro.

4,5
Alisson
Não deu sequência aos ataques da Raposa.

4,0
Rafael Sobis
Desconectado do clima do jogo. Cartão infantil o tirou da final.

5,0
Raniel
Uma boa participação.

4,5
Rafinha
Nada de relevante.

7,0
Arrascaeta
Marcou o gol do empate. Mudou o confronto.

6,5
Mano Menezes
Acertou na entrada de Arrascaeta.


O melhor do Flamengo e do confronto de ontem. Teve boa chance de abrir o placar, após uma cabeçada. É o homem-surpresa do Flamengo.

Marcadores:

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

{facebook#https://www.facebook.com/oficialsouflamengo} {twitter#https://www.twitter.com/SiteFlaHoje} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/+FlamengoHoje} {youtube#https://www.youtube.com/create_channel}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget