Arejado Flamengo de Cuellar dá um baile na Chape

Cuéllar, jogador do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
BLOG DO MENON: O colombiano Cuellar foi o grande nome da vitória do Flamengo. Antes de ''colombiano'' eu ia escrever volante, mas vacilei. É volante, mesmo?

No sentido chão, cabeca-de-área, não. Ele estava em muitas partes do campo. Desarmou, armou e passou. Mais todo campista que meio campista.

Ao seu lado, Arão. Também efetivo, também participativo. Também nada estático.

Cuellar e Arão fizeram os dois primeiros gols do Flamengo.

Uma ótima notícia para quem não gosta de futebol estanque, dividido rigidamente em setores que pouco ou nada se comunicam.

E à frente, Everton Ribeiro e Diego, que o próprio Rueda relutava em unir no meio, na zona de criação.

Era um 4-2-2-2 que também podia ser 4-2-3-1 quando Everton deixava o meio e abria o jogo pela esquerda, como Berrio na direita.

Enfim, foi um Flamengo técnico, leve e rápido. Um Flamengo fora do cabide, fora de esquemas rígidos.

Deu gosto ver.

Enfim, foi um Flamengo técnico, leve e rápido. Um Flamengo fora do cabide, fora de esquemas rígidos.

Marcadores:

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

{facebook#https://www.facebook.com/oficialsouflamengo} {twitter#https://www.twitter.com/SiteFlaHoje} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/+FlamengoHoje} {youtube#https://www.youtube.com/create_channel}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget