Além da vitória, as recuperações de Éverton Ribeiro e Muralha

Éverton Ribeiro, do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
KLEBER LEITE: Pra começar, elogiar a sensibilidade e inteligência do torcedor rubro-negro que esteve na Ilha do Urubu. Desde o primeiro segundo em que colocou o pé no gramado, Muralha foi acarinhado de forma explícita, o que, com certeza, deve ter dado uma boa acalmada no seu sistema nervoso. Inteligente e sensível autuação da galera, pois é com Muralha que vamos decidir a Copa do Brasil.

Éverton Ribeiro foi outro destaque. Desde os primeiros lances foi participativo, ao contrário de jogos anteriores e, sem dúvida, hoje, o mais criativo e agudo do time.

Entre 26 e 27 minutos do primeiro tempo, o extraordinário comentarista do SPORTV, Lédio Carmona, fez uma colocação um tanto quanto estranha. Disse Lédio que Éverton Ribeiro estava aproveitando a oportunidade oferecida por Rueda.

Eu colocaria diferente, dizendo que Éverton Ribeiro está provando a Rueda que, pelo talento que tem, pode sim jogar com Diego e com qualquer outro jogador, desde que, como Diego, seja acima da média. Éverton Ribeiro criou a jogada do primeiro gol e fez o segundo. Ponto! Tomara que o nosso Rueda tenha aprendido…

Achei o time confuso. Jogamos contra um time fraco que começa a namorar com a zona de rebaixamento. Achei estranho, em determinado momento, jogando em casa – e do outro lado não estava o Barcelona – com três volantes em campo. Márcio Araújo, Arão e Cuellar, juntos, contra um time fraco e com dez jogadores, não é demais?

A zaga, apesar da fragilidade ofensiva do Sport, batendo cabeça, com Rodolfo muito nervoso, cometendo faltas sem necessidade.

Nas laterais, Pará bem. Trauco, bem no apoio e deixando alguns furos atrás.

Guerrero começou parecendo que ia arrebentar. Ficou no gol.

Diego, que não vive, tecnicamente, um bom momento, compensa com enorme espírito de luta. Aliás, o jogador que deve se ter todo cuidado do mundo até o dia 27, é Diego, pois sem ele, a luz do time apaga. E, Diego não é mais um menino…

Berrío entrou muito bem. Poderia ter sido mais explorado.

Balanço positivo. Ganhar é muito bom…

E o gol de mão do Jô, hein? Que vergonha!!!

A zaga, apesar da fragilidade ofensiva do Sport, batendo cabeça, com Rodolfo muito nervoso, cometendo faltas sem necessidade.

Marcadores:

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

{facebook#https://www.facebook.com/oficialsouflamengo} {twitter#https://www.twitter.com/SiteFlaHoje} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/+FlamengoHoje} {youtube#https://www.youtube.com/create_channel}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget