Vitória sofrida

Faixa "Tirem o Zé Ricardo" segurada por jogadores do Flamengo - Arte: FlaResenha.com
BOTECO DO FLA: Odeio ter razão. Eh, eh, eh... Bem que eu comentei ontem lá na Filial Pobre e Sem Glamour do Boteco no YouTube que eu estava com o c%$#%@ na mão em ter que ver o Flamengo enfrentar o Flamengo com Vantagem de Gols. E pra “complicar” a gente ainda vai e fica na frente duas vezes no placar da partida.

Pra começar sem meias palavras, acho que o principal problema de ontem foi o alto índice de FANIQUITO do elenco ao tomar gol. Depois daquele lance bizonho do Vaz então... Todo mundo parou com esse troço de jogar bola pra ficar se lamentando. O Pará praticamente deu até esporro no Zé Ricardo por conta do lance. O Vaz acha que joga muito mais do que joga na realidade. Muitas vezes isso é fatal. Quando entra em campo na vibe da humildade e dando bicos pra onde o nariz aponta geralmente tem boa atuação. Agora... Se ele está em campo, e seus colegas de trabalho já conhecem a peça... É bom estar preparado psicologicamente pra uma lambancinha aqui e outra acolá. Se ele DEVERIA estar jogando, aí já é outra questão que não deve ser debatida ou questionada durante os 90 minutos em uma assembléia de jogadores para debater suas falhas.

De qualquer forma. Nosso sistema defensivo, que nem faz tanto tempo assim vinha sendo exaltado, tá uma água só. Na questão dos goleiros, entre a má fase de um e a pouca experiência (e insegurança) do outro a gente está, graças ao regulamento estapafúrdio da Copa do Brasil, entre a cruz e a espada. Até a Final da competição em questão, além de ser isso... É isso sem ritmo de jogo, já que TEORICAMENTE o Diego Alves vai pegar a vaga de titular e não largar mais nas outras disputas. Assim esperamos.

Agora... Excetuando-se tudo isso dito acima... Quer saber do que mais?  Que se lasque o mundo. A vaga é nossa e bora pra cima do Botafogo. Não sem antes ficar observando aquele tradicional e chato Burburinho Carioca sobre aonde vai ser cada jogo, quem vai poder estar no estádio, quantos ingressos pra cada torcida, e tudo o mais que compõe o patético cenário dos engravatados que (não) dirigem o futebol do Rio.

Eu nem sou da turma do Fora Zé Ricardo... Mas será que tinha jeito de vetar o cara de dar entrevista? Eu entendo em gênero, número e grau o fator motivacional e a atitude de blindar o elenco, mas essas três frases a seguir beiram o surreal. Tão curiosas quanto a presepada do Vaz: “Muralha foi bem”; A gente só tem uma certeza: que temos goleiros de alto nível no Flamengo”; “Vamos avaliar (quem agarra) certinho para domingo”.

Ah... Já ia esquecendo de falar do lance do pênalti. Pintou um santista nos comentários do post anterior indignado. Bem... Primeiro de tudo... Não foi pênalti. Então a não marcação está correta. Contudo... Porém... Entendo a reclamação do Levir em parte. Ele questiona o fato do quarto árbitro ter alertado o juiz estando em posição muito pior para analisar o lance. Deixa no ar a hipótese da tal Interferência Externa. Esse é outro assunto. Algum tipo de modernização vai ter que rolar no futebol. Impossível administrar isso com milhares de celulares conectados no estádio. Em menos de um minuto todo mundo já sabe ao certo o que aconteceu ou deixou de acontecer em todos os lances.

E que venha o Corinthians.

Bora torcer.

Isso aqui é Flamengo.         

E que venha o Corinthians. Bora torcer. Isso aqui é Flamengo.

Marcadores:

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

{facebook#https://www.facebook.com/oficialsouflamengo} {twitter#https://www.twitter.com/SiteFlaHoje} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/+FlamengoHoje} {youtube#https://www.youtube.com/create_channel}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget