Santos e Flamengo expõem técnico especialista e outro ameaçado

Zé Ricardo, treinador do Flamengo - Foto: Telmo Ferreira / Frame Photo / Agência O Globo
UOL: O Santos aposta na experiência do técnico Levir Culpi, especialista em Copa do Brasil, para reverter a vantagem de dois gols do Flamengo no jogo de ida e eliminar o rival carioca nesta quarta-feira (26), na Vila Belmiro, às 21h45 (de Brasília), em partida que decide uma vaga na semifinal da competição nacional.

Como venceu o primeiro jogo por 2 a 0, o Flamengo pode até perder por um gol de diferença para se classificar diretamente. Se balançar as redes uma vez na Vila Belmiro, o Rubro-negro pode até sofrer três gols que ainda assim avança na Copa do Brasil. Neste caso, apenas uma derrota por goleada - a partir de 4 a 1 - será capaz de eliminar os cariocas. Em caso de triunfo do Santos por 2 a 0, a vaga será decidida nos pênaltis.

Além de carregar duas conquistas de Copa do Brasil no currículo (por Cruzeiro e Atlético-MG), Levir Culpi não tem motivos para duvidar de uma virada santista. O treinador virou o mesmo placar contra o próprio Flamengo na semifinal de 2014, quando classificou o Atlético-MG para a decisão. Após perder o jogo de ida por 2 a 0, ele levou o seu time a uma vitória por 4 a 1 na partida de volta.

Se o Santos confia no feito recente de Levir Culpi, o Flamengo considera o duelo pela Copa do Brasil "o mais importante do ano" após a conquista do Campeonato Carioca invicto e da queda precoce na Copa Libertadores. Internamente, encerrar a temporada com um título de expressão é espécie de feito obrigatório, principalmente pelo investimento realizado e o elenco disponível - considerado um dos melhores do país.

É neste aspecto que Zé Ricardo segue ameaçado. O técnico não é unanimidade desde a eliminação na Libertadores e enfrenta dificuldades para fazer o time engrenar. As principais críticas estão relacionadas ao processo de desorganização da equipe, que caiu de rendimento e sofre para criar jogadas. As falhas da defesa e a dificuldade em neutralizar os contra-ataques também incomodam.

Uma eliminação após a boa vantagem construída na primeira partida seria bombástica para os planos do Flamengo em 2017. Neste caso, o Flamengo teria apenas o Campeonato Brasileiro, no qual está 12 pontos atrás do líder Corinthians, e a Copa Sul-Americana para cumprir a meta.

Dificilmente, neste panorama, Zé Ricardo seguirá no cargo, apesar do discurso da diretoria de respaldo ao trabalho. Por outro lado, avançar na Copa do Brasil significa a curta distância de apenas quatro jogos para o sonho do tetracampeonato, além de consumar o retorno à Libertadores em 2018, um dos principais objetivos do departamento de futebol.

Sem reforços, Zé Ricardo deve repetir time do jogo de ida

Para cumprir a meta e aliviar a incômoda pressão, Zé Ricardo escalará um time diferente do que tem sido utilizado nos últimos jogos pelo Brasileirão. Como as inscrições da Copa do Brasil foram encerradas em abril, os reforços Everton Ribeiro, Geuvânio, Diego Alves e Rhodolfo não podem disputar a competição. Desta forma, o treinador deve escalar praticamente o mesmo time que enfrentou o Santos no jogo de ida.

A tendência é a de que o colombiano Berrío forme o trio ofensivo com Everton e Guerrero. O restante da equipe será um pouco mais cautelosa e tentará aproveitar os espaços proporcionados pelo Santos, que obrigatoriamente buscará o resultado.

"A Copa do Brasil tem menos jogos e um caminho mais curto para o título. É o jogo imediato que temos. Classificar é necessário para chegar ao título que a torcida sonha e sabemos que temos time para isso", encerrou Berrío.
Santos pode ter retorno do "Pastor"

A principal novidade do Santos deve ser o retorno do atacante Ricardo Oliveira. O "Pastor" da Vila Belmiro está recuperado de entorse no tornozelo e pneumonia e ficará com a vaga de Kayke, que sofreu lesão na coxa esquerda. O experiente camisa 9 marcou dois gols em treinamento nesta semana e encaminhou a sua volta aos gramados. O último jogo do atacante ocorreu no dia 3 de junho, no clássico contra o Corinthians.

Além de Ricardo Oliveira, o lateral Victor Ferraz está recuperado de uma lesão no joelho esquerdo e retorna ao time na vaga de Daniel Guedes. Lucas Veríssimo, que cumpriu suspensão na última rodada do Campeonato Brasileiro, também volta ao time. No restante, a equipe será a mesma que venceu o Bahia no último final de semana.

]

Uma eliminação após a boa vantagem construída na primeira partida seria bombástica para os planos do Flamengo em 2017.

Marcadores:

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

{facebook#https://www.facebook.com/oficialsouflamengo} {twitter#https://www.twitter.com/SiteFlaHoje} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/+FlamengoHoje} {youtube#https://www.youtube.com/create_channel}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget