GPA cobra R$ 1,6 milhão do Flamengo por venda de Samir.

Zagueiro Samir, ex-Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
EXTRA GLOBO: O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro determinou nesta quinta-feira que o Flamengo apresente o contrato de seu ex-jogador Samir. Isso porque o Grupo Pão de Açúcar afirma que tem 10% dos seus direitos econômicos e teria o direito de ser consultado antes da venda do jogador.

Samir foi vendido para a Udinese, da Itália, em 2015, por R$ 16 milhões.

O Tribunal deu cinco dias ao clube para apresentar o contrato. Se a ordem não for cumprida, o Rubro-negro será multado em R$ 1.000 por dia.

Confira a nota na íntegra:

"A 14ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio decidiu, por unanimidade, dar provimento ao recurso da Companhia Brasileira de Distribuição (Grupo Pão de Açúcar) contra o Clube de Regatas do Flamengo. A rede varejista alega que detém 10% dos direitos econômicos do ex-zagueiro rubro-negro Samir, vendido por R$ 16 milhões para a Udinese, em 2015.

No entanto, segundo a empresa, o clube teria violado o contrato celebrado entre as partes, que previa a necessidade de sua concordância expressa para transferência temporária ou definitiva do profissional.

Com isso, o Flamengo terá de apresentar em juízo uma cópia do contrato da cessão do atleta ao clube italiano, no prazo de 5 dias, sob pena de multa diária de R$1.000,00."


O Grupo Pão de Açúcar afirma que tem 10% dos seus direitos econômicos e teria o direito de ser consultado antes da venda do jogador.

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

{facebook#https://www.facebook.com/oficialsouflamengo} {twitter#https://www.twitter.com/SiteFlaHoje} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/+FlamengoHoje} {youtube#https://www.youtube.com/create_channel}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget