"Trabalho está sendo muito bem feito", diz Presidente do Flamengo.

Foto: Fred Gomes
EXTRA GLOBO: A eliminação amarga do Flamengo na Copa Libertadores rendeu protestos da torcida no desembarque do time no Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, na manhã desta quinta-feira. Abatidos e sem falar com a imprensa, os jogadores saíram direto para o ônibus aos gritos de "vergonha, time sem vergonha", "Bandeira banana", "Tem que ganhar, p...".

Cerca de 20 torcedores surgiram no lado de fora do saguão enquanto o técnico Eduardo Bandeira de Melo falava com a imprensa. O diretor de futebol, Rodrigo Caetano, não quis se pronunciar:

- O presidente já falou - desvonversou.

Para manter a segurança e afastar os torcedores do elenco, Mais de dez seguranças do clube e mais dez do Aeroporto do Galeão protegeram a delegação.

No desembarque, o presidente Eduardo Bandeira de Melo manteve o discurso adotado após o jogo de que não demitiria o técnico Zé Ricardo.

- O trabalho continua, nós temos consciência de que o trabalho está sendo bem feito. Vamos avaliar tudo agora - disse.

O Flamengo perdeu, de virada, por 2 a 1 para o San Lorenzo, na noite de quarta-feira, na Argentina. A eliminação do time na Libertadores se deu também com a vitória do Atlético-PR por 3 a 2 em cima da Universidad do Chile, em Santiago. O Rubro-negro acabou em terceiro no Grupo 4, com 9 pontos.

Cerca de 20 torcedores surgiram no lado de fora do saguão enquanto o técnico Eduardo Bandeira de Melo falava com a imprensa.

Marcadores:

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

{facebook#https://www.facebook.com/oficialsouflamengo} {twitter#https://www.twitter.com/SiteFlaHoje} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/+FlamengoHoje} {youtube#https://www.youtube.com/create_channel}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget