Bebeto diz que torcida do Flamengo não deve crucificar M. Sávio.

Foto: Marluci Martins
MARLUCI MARTINS: Os erros de Matheus Sávio na derrota do Flamengo para o San Lorenzo por 2 a 1 na última quarta-feira doeram em um ídolo do futebol brasileiro. Houve quem incluísse o jovem de 20 anos entre os culpados pela eliminação do Flamengo da Libertadores. A caça às bruxas preocupa o ex-jogador Bebeto, pai de um xará da nova vítima, Mattheus, bode expiatório de um duro novembro de 2014, quando o Flamengo perdeu de 4 a 1 para o Atlético-MG, na semifinal da Copa do Brasil.

- Não se pode crucificar um jovem que está começando. Pelo amor de Deus! Não podem jogar a culpa para cima do Matheus Sávio. É normal que um garoto oscile. Ele precisa de sequência para pegar confiança. Tem que ter paciência com o jovem. Se não tiver, o Flamengo vai continuar a ver os garotos da sua base brilhando lá fora. Meu filho não teve sequência no Flamengo, saiu e agora vai brilhar lá no Sporting. Tenho vários exemplos. O Flamengo perdeu, no passado, Marcelinho Carioca, Paulo Nunes, Djalminha... - critica Bebeto.

Em 2014, o filho do tetracampeão mundial pela seleção foi lançado no meio do fogo pelo técnico Vanderlei Luxemburgo, no lugar de Everton. Na quarta-feira, Zé Ricardo trocou Gabriel por Matheus Sávio, que falharia nos dois gols da virada do San Lorenzo. Fora a coincidência de nomes e a ameaça de um novo valor virar alvo da torcida, como aconteceu com seu filho, Bebeto destaca a diferença entre as duas derrotas tão marcantes pela Copa do Brasil e, agora, pela Libertadores.

- Não há como comparar. Contra o Atlético-MG, meu filho não errou nenhum passe. A bola quase não chegou a ele. Quando chegou, ele tocou com rapidez. E o Flamengo já perdia por 3 a 1. O Atlético só pressionava. Mattheus quase não teve sequência no Flamengo. Quando entrava, faltavam no máximo 15 minutos para o fim do jogo. Já o Mattheus Sávio teve infelicidade... Mas perdemos porque o Flamengo recuou. Se continuasse a jogar como no início da partida, não perdia.

Em 2014, o filho do tetracampeão mundial pela seleção foi lançado no meio do fogo pelo técnico Vanderlei Luxemburgo, no lugar de Everton.

Marcadores:

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

{facebook#https://www.facebook.com/oficialsouflamengo} {twitter#https://www.twitter.com/SiteFlaHoje} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/+FlamengoHoje} {youtube#https://www.youtube.com/create_channel}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget