Para Kleber Leite, Flamengo não deve abrir mão de Paulo Victor.

Paulo Victor, goleiro do Flamengo - Foto: Felipe Oliveira/Getty Images
KLEBER LEITE: Domingo sem futebol é muito chato! Muito embora não tenha entendido bem o motivo real da bola não ter rolado neste final de semana pela série A, do Campeonato Brasileiro. Em contrapartida, no meio de semana agora, a bola rola, encavalando com próximo final de semana. No nosso caso, o ideal seria ter jogado hoje contra o América de Minas e, domingo que vem, contra o Coritiba.

Pelo fato da seleção estar formada não é, pois nestas mesmas eliminatórias já tivemos jogos do Campeonato Brasileiro enquanto a seleção estava formada. Agora mesmo, com a seleção jogando na terça contra o Peru, em Lima, no dia seguinte Muralha e Guerrero não fazem parte dos planos de Zé Ricardo para o jogo contra o América. Enfim, explicação para este final de semana sem Campeonato Brasileiro, deve haver. Difícil, será entender.

E, por falar em não entender, vocês sabiam que o jogo de domingo, contra o Coritiba, no Maraca, está marcado para às 19h30?

Mudando de assunto. Embora os dirigentes do Flamengo venham adotando estratégia cautelosa, evitando dar divulgação a possíveis contratações, no sentido de não tumultuar o ambiente neste momento decisivo, a especulação de hoje foi a de que, Paulo Victor não deverá continuar, pois tem mercado e, não mais irá optar em ser reserva por outra temporada.

Isto me parece ação externa do profissional que cuida da carreira do jogador e, claro, como para ele isto é um negócio, quer ver o seu produto sendo consumido e, não na prateleira.

Cabe ao dirigente fazer o contraponto. Se Paulo Victor faz parte dos planos, que alguém chegue nele, estimulando a competição com Muralha. O importante é se definir e, o mais rápido que for possível, o que é melhor para o clube.

Embora continue achando que não há no Brasil nenhum super goleiro, há os razoavelmente confiáveis e, entre eles, temos dois. Por que abrir mão de um deles? Aprendi com a minha saudosa avó Corina que, “quem tem um, não tem nenhum“…

Agora mesmo, quando Muralha está na seleção, e poderia ser por outro qualquer motivo, como cartão ou contusão. Não é bom poder confiar em quem vai entrar?

Acho que qualquer torcedor do Fluminense entendendo que estou dizendo. Lá só há um. E quem só tem um Cavalieri, não tem nenhum…

Se a diretoria pretende um time ganhador de títulos em 2017, deve começar tendo, ao menos, dois goleiros confiáveis, minimamente experientes, prontos para qualquer desafio.

Uma bela e vitoriosa semana a todos os companheiros e amigos deste blog rubro-negro.

Acho que qualquer torcedor do Fluminense entendendo que estou dizendo. Lá só há um. E quem só tem um Cavalieri, não tem nenhum…

Marcadores:

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

{facebook#https://www.facebook.com/oficialsouflamengo} {twitter#https://www.twitter.com/SiteFlaHoje} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/+FlamengoHoje} {youtube#https://www.youtube.com/create_channel}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget