Como envelheceram R9, R10, Zico, Maradona, Pelé e Batistuta.

Foto: Divulgação
GOAL: Os técnicos Tite e Bauza já definiram os times de Brasil e Argentina para o confronto desta quinta-feira (10), às 21h45 (horário de Brasília), no Mineirão, pelas Eliminatórias Sul-Americana da Copa do Mundo 2018, mas os dois países têm craques em sua história, que mudaram muito desde o auge de sua forma.

Zico

O Galinho, ídolo da Seleção e do Flamengo, hoje é treinador do FC Goa, da Índia, e lembra, em perfil, o jovem que brilhou nos gramados. Ainda assim, os cabelos já se foram e as rugas apareceram no rosto do ex-jogador de 63 anos.

Ronaldo

R9 abandonou os gramados. Hoje, é empresário e está com alguns "quilinhos" a mais, como estava em sua fase final de carreira. Ronaldo conquistou as Copas do Mundo de 94 e 2002 com a Seleção Brasileira, além de ter sido o melhor do mundo em 1996, 1997 e 2002.

Ronaldinho Gaúcho

O meia ainda não se aposentou, mas fez apenas amistosos ao longo dos últimos meses. A tendência é que encerre a carreira no fim do ano ou atue em uma liga de menor expressão por mais uma temporada antes de anunciar que irá pendurar as chuteiras.

Maradona

O sempre polêmico ídolo argentino chegou a ser treinador, depois de se aposentar, mas hoje, tem um programa na TV argentina. O último clube El Pibe comandou foi o Al Wasl, do Emirados Árabes Unidos, em 2012.

Pelé

O Rei do Futebol não tem outra atividade nos dias de hoje, mas costuma participar de eventos de premiações individuais ou sorteios. Curiosamente, o físico e o rosto do ex-atelta de 76 anos é um dos que menos mudaram ao longo dos anos. É o maior artilheiro da história do clássico com a Argentina.

Batistuta

Aos 47 anos, o ex-Matador argentino superou sérios problemas nos joelhos e em uma de suas últimas entrevistas, revelou o desejo de se tornar treinador. É o segundo maior goleador da história da Seleção Argentina, com 56 gols em 78 partidas.

Crespo

Apontado por muitos como o substituto de Batistuta, Crespo não teve tanto sucesso como seu antecessor, mas teve carreira de sucesso na Europa e na Albiceleste. Atualmente, comandou o time de juniores do Parma, que recentemente faliu. O argentino deixou o time italiano em 26 de março.

Kempes

O campeão mundial em 1978, atualmente tem 62 anos, e trabalha como comentarista esportivo. No Mundial em que conquistou com a Argentina, o ex-atacante marcou um dos gols, sendo peça fundamental na conquista.

Romário

Hoje senador, o Baixinho foi o nome da Copa do Mundo de 1994 e apesar de estar com 50 anos, sua imagem não é tão diferente, até porque até menos de 10 anos atrás, ele ainda jogava futebol nos gramados brasileiros.

Adriano

Em 5 jogos contra a Argentina, o Imperador fez três gols, dois na goleada por 4 a 1 aplicada na final da Copa das Confederações em 2005 e um ano antes, o histórico gol nos acréscimos da Copa América. Após inúmeras tentativas de voltar a jogar, Adriano hoje está aposentado.

Caniggia

Hoje aos 49 anos, o carrasco brasileiro em 1990, mudou pouco, mantendo seu longo cabelo. No Mundial de 16 anos atrás, aproveitou jogada espetacular de Maradona para fazer o 1 a 0 que eliminou a Seleção da Copa do Mundo.


Em 5 jogos contra a Argentina, o Imperador fez três gols, dois na goleada por 4 a 1 aplicada na final da Copa das Confederações em 2005.

Marcadores:

Postar um comentário

[facebook]

MKRdezign

{facebook#https://www.facebook.com/oficialsouflamengo} {twitter#https://www.twitter.com/SiteFlaHoje} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/+FlamengoHoje} {youtube#https://www.youtube.com/create_channel}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget