Flamengo Hoje

Últimas Notícias:

Foto: Gilvan de Souza / Flamengo
ESPN: O Flamengo realizou neste sábado o último treinamento visando ao clássico contra o Vasco, que ocorre neste domingo, às 18h30 (de Brasília), no estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF). Pela tarde, o grupo segue viagem rumo à capital do país para o confronto válido pela quarta rodada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca.

Para finalizar a preparação, o técnico Zé Ricardo comandou um treinamento coletivo procurando realizar os últimos ajustes táticos da equipe. Já os goleiros realizaram um exercício à parte com o preparador Vitor Hugo. O intuito da atividade era aprimorar a velocidade de reação simulando situações de jogo.

Para a partida, o treinador não terá à disposição o meia Diego, que está servindo a seleção brasileira pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, Guerrero e Trauco, que estão convocados pela seleção peruana, ficam fora. Rômulo e Gabriel, que apresentaram desgaste físico, devem ser poupados.

Líder do grupo B com nove pontos, o Rubro-Negro está com 100% de aproveitamento na Taça Rio. Mesmo restando três partidas pela fase qualificatória, a equipe já assegurou sua classificação às semifinais do Estadual após a vitória sobre o Bangu por 3 a 0, na última quarta-feira.

BLASTING NEWS: Por Fábio Torres

O favoritismo para o Flamengo no duelo contra o #Vasco, no próximo domingo, no Mané Garrincha, é muito claro para a imprensa. Na maioria dos programas esportivos, quando abordam o assunto, colocam o Rubro-negro muito acima do Cruz-maltino para este jogo, que marcará o primeiro clássico de Milton Mendes no comando do Gigante da Colina.

Apesar da boa estreia, diante do Madureira, os comentaristas não acreditam em mais um sucesso do novo técnico e apostam todas as fichas em Zé Ricardo, treinador da equipe da Gávea. O que mais chamou atenção foi o palpite do Ricardinho, componente do Mais 90, do Esporte Interativo.

''O time do Vasco é horroroso. Para mim vai ser 5 a 0 para o Flamengo'', disse.

Os outros da mesa também foram na mesma linha, somente o apresentador Alex Muller e um dos integrantes do bate papo, Alexandre Praetzel, palpitaram no empate. Ninguém quis arriscar numa vitória no time do Luis Fabiano.

Em outro debate esportivo, o Fox Sports Radio a situação foi mais parelha. Mas mesmo assim, ninguém acredita no triunfo vascaíno. 

''Com os desfalques do Flamengo, a partida fica mais equilibrada. Se fosse há uma semana atrás seria pulo de dez que o Flamengo venceria'', comentou Osvaldo Pascoal.

Clássico

O Clássico dos milhões tem muitas questões em jogo, que serão decididas em breve. Em termo de campeonato, o resultado é mais importante para o Vasco, pois precisa vencer para garantir a classificação tanto para a semifinal da Taça Rio, como para a quadrangular final do Carioca, enquanto o Flamengo tem vaga garantida nas duas fases.

Por outro lado, uma vitória do Rubro-negro tiraria um peso de uma sequência negativa, diante do rival. Nos últimos dez jogos, o Flamengo só conseguiu vencer uma, que foi justamente o último jogo, na semifinal da Taça Guanabara.

Desfalques

Os dois treinadores terão dificuldade para montar suas equipes, isso porque, alguns atletas não poderão participar do confronto. O Vasco não contará com Guilherme, Wágner, Kelvin, Rodrigo, Luan e Martin Silva. Os quatro primeiros estão se recuperando de contusão, enquanto o goleiro está defendendo a seleção do Uruguai. Pelo lado do Flamengo, Diego, Trauco e Guerrero foram convocados para jogar pelos seus países. Além deles, Rômulo e Gabriel estão machucados.

Atacante Vinicius Júnior curtindo sol de bermuda e chinelo - Foto: Divulgação
EXTRA GLOBO: O atacante Vinicius Jr. tem apenas 16 anos, mas passou a ser uma das promessas mais disputadas no futebol europeu. Campeão com a seleção Sub-17 no Campeonato Sul-Americano nesta semana, a joia do Flamengo aproveitou a tarde de folga desta quinta-feira para curtir um dia na piscina. O jogador publicou fotos em seu perfil pelas redes sociais.

“Só lazer”, escreveu na foto em que aparece em uma espreguiçadeira.

A trajetória de sucesso de Vinicius Júnior no Flamengo motivou o clube a promover uma blindagem total na joia. Entre 2013 e 2014, o atacante quase deixou o Rubro-negro por falta de estrutura e dinheiro para a base. O atraso na ajuda de custo de menos de R$ 1 mil se multiplicou por seis meses, e o jovem teve dificuldade para treinar. O cenário impedia até atividades em dois períodos por falta de alimentação.

O Flamengo tenta aumentar a multa rescisória do jogador, hoje em 30 milhões de euros (cerca de R$ 100 milhões). Além do Barcelona e do Real Madrid, que já enviaram dirigentes e olheiros atrás do jovem, os jornais europeus davam o interesse de mais clubes, como Juventus, Manchester City, PSG e Arsenal.

O clube deve subi-lo para o profissional aos poucos. O interesse no menino cresceu após o grande desempenho no Sul-Americano sub-17 pela seleção brasileira, campeã do torneio. Vinicius foi eleito o melhor jogador e ainda foi o artilheiro com sete gols.

Vinicius Júnior ao lado de Neymar na Seleção Brasileira - Foto: Reprodução
EXTRA GLOBO: Presente e futuro do futebol brasileiro, os atacantes Neymar e Vinícius Jr. se encontraram pessoalmente pela primeira vez, na tarde deste sábado, em São Paulo. A joia do Flamengo, de apenas 16 anos, foi até o hotel onde a seleção brasileira está concentrada e conheceu o seu ídolo, o craque do Barcelona. Após realizar o sonho, o jovem postou uma foto com o camisa 11 do Barça, um dos clubes que o cobiça na Europa.

“Ídolo! Sem palavras”, escreveu o Vinicius em seu perfil no Twitter.

Há dez dias, antes de Vinícius ser campeão do Sul-Americano Sub-17 com a seleção brasileira, Neymar enviou um vídeo com um recado ao seu fã.

"Fala Vinicius Júnior, estou aqui para te mandar um grande abraço e agradecer o carinho que você tem por mim. Que você tenha sucesso, sorte e que você continue deitando e rolando e metendo muitos gols. Um abraço", diz Neymar no vídeo compartilhado por Vinicius Júnior no Twitter.

A trajetória de sucesso de Vinicius Júnior no Flamengo motivou o clube a promover uma blindagem total na joia. Entre 2013 e 2014, o atacante quase deixou o Rubro-negro por falta de estrutura e dinheiro para a base. O atraso na ajuda de custo de menos de R$ 1 mil se multiplicou por seis meses, e o jovem teve dificuldade para treinar. O cenário impedia até atividades em dois períodos por falta de alimentação.

O Flamengo tenta aumentar a multa rescisória do jogador, hoje em 30 milhões de euros (cerca de R$ 100 milhões). Além do Barcelona e do Real Madrid, que já enviaram dirigentes e olheiros atrás do jovem, os jornais europeus davam o interesse de mais clubes, como Juventus, Manchester City, PSG e Arsenal.

O clube deve subi-lo para o profissional aos poucos. O interesse no menino cresceu após o grande desempenho no Sul-Americano sub-17 pela seleção brasileira, campeã do torneio. Vinicius foi eleito o melhor jogador e ainda foi o artilheiro com sete gols.


Foto: Josemar Gonçalves
JORNAL DE BRASÍLIA: Flamengo e Vasco fazem neste domingo (26), às 18h30, no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha, o quarto Clássico dos Milhões da história da nova arena, válido pela quarta rodada da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca.

A estimativa de público é de 40 mil pessoas. Para evitar o contato e eventuais conflitos entre torcedores, os portões de entrada serão diferentes para os dois clubes. A torcida organizada do Flamengo, as delegações e as viaturas entrarão pelo portão X, voltado para o Autódromo de Brasília. A entrada dos vascaínos será pelo portão S, voltado para o Ginásio Nilson Nelson.

A fim de manter uma partida em paz, assim como ambos os clubes pediram em seus perfis no Twitter, a segurança no Estádio Mané Garrincha e ao seu redor foi reforçada. Serão 355 seguranças divididos em diversas funções.

Só para impedir o acesso de torcedores e de pessoas não autorizadas a outros níveis do estádio, foram designados 71 profissionais, que farão o controle nas escadas e elevadores.

Para o trabalho nas arquibancadas foram designados 75 seguranças, que atuarão no isolamento das torcidas, na contenção de conflitos, na orientação do público misto e no controle da circulação nos degraus.

Os portões internos e externos terão 125 seguranças, para revista pessoal e para controle de acesso das arquibancadas, da imprensa, de autoridades e de veículos credenciados.

A área de competição – zona mista – e o campo terão 49 seguranças, para controle de acesso, permitido apenas a pessoas credenciadas, e para impedir invasões. O isolamento, a coordenação dos setores e a distribuição e controles de rádios de comunicação serão feitos por outros 35 agentes.

O plano geral de segurança para a partida, dentro e fora do estádio, foi estruturado pela Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social, que coordenará as ações em parceria com representantes dos clubes, a Polícia Militar, a Polícia Civil, o Corpo de Bombeiros e o Batalhão de Operações Especiais (Bope).

O planejamento, tanto de torcidas como de equipes envolvidas com o espetáculo, ficou assim definido:

Portão X – torcida do Flamengo, delegações e viaturas

Portão S – torcida do Vasco

Portões D, H, I e M – torcida mista

Portão A – entrada de serviço

Portão B – credenciamento

Portão V – acesso de autoridades

Metrô terá horário diferenciado no domingo

O horário normal de circulação do metrô de Brasília aos domingos é das 7 às 19 horas, mas, em função do jogo Flamengo x Vasco, os trens rodarão das 10 às 22 horas, de acordo com a Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF).


PAULO FERNANDES/VASCO.COM.BR
ESPN: O elenco do Vasco realizou mais um treino em São Januário, na manhã deste sábado. A atividade comandada pelo técnico Milton Mendes foi a última chance do time cruzmaltino se preparar para o clássico contra o Flamengo, neste domingo, em rodada válida pela Taça Rio, às 18h30 (de Brasília), no Mané Garrincha.

O treinamento começou com um forte aquecimento, organizado pelo preparador físico Flávio Trevisan. No final da movimentação, Milton assumiu o comando e dividiu a equipe em dois times, dando início ao treino tático.

A novidade desta manhã foi a participação do meio-campista Wagner, que estava sendo desfalque nos últimos jogos. O zagueiro Rodrigo, o meia Guilherme e os atacantes Kelvin e Caio Monteiro seguiram dando prosseguimento ao processo de transição e ainda não estão aptos para atuar.

A última atividade do trabalho foi o aprimoramento das bolas paradas, tanto defensivas, quanto ofensivas. Além da parte técnica, em que o comandante deu ênfase aos fundamentos básicos, ajustando cruzamento e finalização.

O elenco vascaíno embarca para Brasília no final desta tarde, onde buscará sua segunda vitória consecutiva na Taça Rio. Por enquanto, o Vasco ocupa a segunda colocação do Grupo C, com somente um ponto a menos que o líder Fluminense.


Meia Diego durante Flamengo x Vasco - Foto: Gilvan de Souza
ESPN: Flamengo e Vasco disputam mais um "clássico dos milhões" neste domingo, às 18h30 (de Brasília), no Mané Garrincha. Mordida pela derrota no último encontro entre os clubes, a equipe cruzmaltina tentará superar uma estatística incômoda diante de um rival desfalcado.

Válido pela 4ª rodada da Taça Rio, o duelo é uma oportunidade para os comandados do recém-contratado Milton Mendes ultrapassarem o número de gols dos desfalques do Flamengo. É isso mesmo: o lateral Trauco, o meia Diego, o atacante Guerrero e o volante Rômulo têm mais gols que o Vasco em 2017.

Eles totalizam, somados, 15 gols no ano. Os três primeiros por estão representando suas seleções, enquanto o último se encontra lesionado.

O Vasco, que foi eliminado da Copa do Brasil pelo Vitória e perdeu a semifinal do 1º turno do Campeonato Carioca para o próprio Flamengo, balançou as redes apenas 14 vezes na temporada em partidas oficiais.

E tem mais: a quadra flamenguista conseguiu o feito em apenas 10 jogos, enquanto o clube de São Januário já atuou 13 vezes na temporada. Contando todos os jogadores, o ataque rubro-negro já marcou 37 gols no ano em 15 partidas.

Se na Taça Guanabara o Flamengo quebrou uma sequência de nove jogos sem vencer o rival alvinegro, a partida deste domingo é a chance do Vasco dar o troco.

Atacante Orlando Berrio treinando no CT do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
O DIA: Antes de viajar para Brasília, onde enfrenta o Vasco, pelo Campeonato Carioca, o Flamengo realizou neste sábado, o seu último treino no Ninho do Urubu. A novidade ficou por conta do atacante colombiano Berrío, que participou como titular das atividades e pode começar jogando o clássico que acontece no Mané Garrincha.

O Flamengo deve ser escalado com: Alex Muralha, Pará, Réver, Vaz e Renê; Marcio Araújo, Arão e Mancuello; Berrío, Everton e Felipe Vizeu. O Rubro-Negro mais uma vez não poderá ter em campo os convocados: Guerrero, Trauco (Peru) e Diego (Brasil).

Apesar de já estar classificado para as semifinais do Carioca, o Flamengo ainda luta pela primeira colocação geral da competição, que pode ser importante para evitar um clássico antes da decisão. Como o Botafogo está em situação delicada, é possível que um clube pequeno fique com a quarta vaga.

Flamengo e Vasco se enfrentam neste domingo, ás 18h30, no Mané Garrincha. O Rubro-Negro lidera o seu grupo com nove pontos, com três vitória em três jogos pela Taça Rio.

Foto: Divulgação
LANCE: O clássico entre Flamengo x Vasco, válido pela quarta rodada da Taça Rio, está atraindo a atenção do público. Em parcial divulgada neste sábado, o Rubro-Negro informou que foram vendidos 18 mil bilhetes antecipadamente. A partida será amanhã, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, às 18h30.

Como a concessionária que administra o Maracanã cobrou alto para receber o jogo, os clubes decidiram mandar o jogo em Brasília, onde ambos têm grande número de torcedores.

As entradas seguem à venda em diferentes postos de venda. Confira abaixo:

:: Preços e setores

Superior - R$80 (R$40 meia)
Hospitality - R$120 (R$60 meia)
Inferior - R$160 (R$80 meia)

- Os setores Hospitality e Inferior serão inteiramente mistos
- No setor Superior, o setor onde estarão as torcidas organizadas do Flamengo será acessado pelo portão 22; o setor onde estarão as torcidas organizadas do Vasco será acessado pelo portão 6; os demais portões darão acesso às áreas de torcida mista.

Venda online para os sócios-torcedores: www.flamengo.com.br/ingresso (até às 20h do dia 25/3)
Venda online para o público geral: www.meubilhete.com

- Grandes Torcidas
SLS 308 Bloca A - Loja 22/26 - Asa Sul - Brasilia-DF
Fone: 61 3242-1265

- Loja Flamengo
SCLS 308/309 - Asa Sul - Brasília - DF
Fone: 61 3443-2217

- Vascão Shop
SCLS 308 Bloco D Loja 12 - Asa Sul - Brasília - DF
Fone: 61 3242-9686

- Globo Esporte
Taguatinga Shopping - Lote 40, Av. Arniqueira Qs 1 Rua 210, 2070/2071 - Águas Claras, Brasília - DF
Fone: (61) 3352-0909

St. Central Lote 07 - Taguatinga Centro, Brasília - DF
Fone: (61) 3351-0909

- Luarte Calçados
Shopping Conjunto Nacional - SDN CNB Conjunto A, T119 - Piso 1 - Asa Norte, DF
Fone: (61) 3201-0404

- AV. HÉLIO PRATES - QNM 34 - ÁREA ESPECIAL 01 - M-NORTE
Fone: 61 3491-1464

Doutor Tannure fez postagem no instagram... - Foto: Reprodução
LANCE: O flerte entre Flamengo e Everton Ribeiro segue animando os rubro-negros nas redes sociais. Neste sábado, o jogador curtiu duas publicações do médico do clube carioca, Márcio Tannure, o que foi suficiente para mexer com a torcida. Ainda que não confirme, o clube negocia para contratar o atleta do Al Ahli, dos Emirados Árabes.

E Everton Ribeiro curtiu! - Foto: Reprodução
São Paulo e Flamengo já abriram negociações e estão um passo à frente na tentativa de contratar o armador, que está decidido a voltar ao Brasil. O Palmeiras monitora a situação.

Inicialmente, o Al Ahli deseja receber 5 milhões de euros (R$ 16, 8 milhões) para liberar o atleta, mas Robson Ferreira - empresário dele - viajou aos Emirados Árabes para tentar uma rescisão amigável. A expectativa é positiva. Nesse caso, o clube interessado precisaria "apenas" acertar salários e luvas com Everton.

O Flamengo não está disposto a pagar a quantia pedida pelo clube árabe. No entanto, se houver a esperada rescisão amigável, o clube carioca vai com tudo para contratar o atleta.

Zagueiro Léo Duarte, do Flamengo - Foto: Gilvan de Souza
GLOBO ESPORTE: A temporada de 2017 tem sido importante para Zé Ricardo dar rodagem a garotos da base. Já utilizou Lucas Paquetá, Felipe Vizeu, Ronaldo, Cafu, Matheus Sávio, e o goleiro Thiago. Justamente o mais experiente deles, o zagueiro Léo Duarte, foi quem menos atuou: foram apenas três minutos na temporada.

Entrou - improvisado como lateral-direito - aos 44 minutos da vitória por 1 a 0 sobre o América-MG, em partida válida pela Primeira Liga e na qual Zé só levou reservas a campo.

Apesar das poucas oportunidades, o técnico do Flamengo não abre mão de Léo, seu capitão na conquista da Copa São Paulo de Futebol e com quem trabalhou por três anos nos juniores.

- Nada de emprestar. O Léo é nosso - afirmou.

Zé Ricardo, inclusive, rasgou elogios a Léo Duarte em entrevista coletiva ao ser perguntado se tinha um planejamento para Ronaldo, volante técnico e muito bem avaliado na base do Flamengo.

- Não um planejamento só para o Ronaldo. Me incomoda muito não termos colocado Léo Duarte para jogar nesse ano. Tem uma técnica muito grande e um nível muito alto. Está amadurecendo bastante. O último jogo que fez inteiro acho que foi com o Palmeiras (na verdade foi na derrota para o Figueirense, em 12 de junho passado, seis dias depois do revés diante do Alviverde), mas temos grandes atletas no plantel. O planejamento é que ele volte a jogar logo. Foi meu capitão na Copinha e trabalhou três anos comigo. Fisicamente evoluiu bastante e tecnicamente ele não me surpreende nem me deixa dúvidas.

Sondagens por empréstimos e procura do exterior

Como Zé Ricardo frisou, não está no planejamento do Flamengo emprestar Léo Duarte, que soma 10 jogos como profissional, nove destes como titular (oito pelo Brasileiro passado e um pela Copa do Brasil 2016).

No início da temporada, clubes procuraram o Flamengo para tratar da possibilidade, mas o Rubro-Negro nem quis conversa. Houve, inclusive, uma busca do grupo Red Bull. A ideia seria levar o atleta primeiramente para a sucursal de Nova York e depois colocá-lo no alemão Red Bull Leipzig.

Foto: Reprodução/Facebook
iFLAMENGO NEWS: Após estrear vencendo o Tigres do Brasil em casa, o Flamengo foi até o Centro de Treinamento do Artsul, em Austin, e derrotou a Portuguesa por 4 a 1 na manhã deste sábado (25), pela segunda rodada da Taça Guanabara sub-15. O nome do jogo foi o atacante Lázaro, responsável por três gols. Vitor Hugo anotou o quarto tento rubro-negro.

A vitória manteve o Flamengo entre os líderes, agora com seis pontos, empatado com o Vasco, que leva vantagem no saldo de gols. O próximo compromisso pelo Carioca Infantil será contra o Fluminense, outro que venceu na estreia e ainda pode chegar a seis pontos nesta rodada. O clássico está marcado para sábado (1), às 9h, na Gávea.

Foto: Wellington Portela
iFLAMENGO NEWS: Nas ausências de Patrick, Wesley, Vinicius Junior e Lincoln, que ganharam folga após o título do Sul-Americano sub-17 pela Seleção Brasileira, Marx Lenin vem sendo o destaque do Flamengo no começo do Campeonato Carioca sub-17. Autor do gol da vitória sobre o Tigres do Brasil na estreia, o meia voltou a balançar a rede neste sábado (25), no triunfo por 4 a 1 sobre a Portuguesa, no CT do Artsul. Yuri César e Rhyan, duas vezes, completaram a lista de gols rubro-negros.

Com seis pontos, o Flamengo assumiu provisoriamente a liderança da Taça Guanabara sub-17, mas pode ser alcançado por Botafogo e Fluminense, que também estrearam vencendo ainda jogam nesta rodada. O próximo compromisso do Fla será justamente contra um dos adversários diretos na briga pela primeira colocação. O clássico contra o Flu está marcado para sábado (1), às 11h, na Gávea.

Foto: Divulgação
BLOG TEORIA DOS JOGOS: Por Vinicius Paiva

Encerra-se hoje a semana  que talvez tenha reunido o maior número de acontecimentos importantes no que concerne à sucessão do Maracanã e ao futuro do futebol do Rio de Janeiro como o conhecemos.

Inseguros com relação a inúmeras questões jurídicas, o conglomerado que reunia CSM e GL Events (numa parceria com o Flamengo) abriu mão da compra da concessão do estádio, agora livre para ser vendida ao grupo concorrente, capitaneado pela Lagardère. Em nota oficial, o Flamengo ratificou sua posição contrária ao uso do estádio nestas condições, embora os franceses acreditem se tratar de um blefe, reversível em momentos futuros. Em meio a tantas turbulências, certezas se ratificam e novas oportunidades se configuram.

Para compreendê-las, entretanto, é necessário fazer uma retrospectiva que explique uma questão-chave, dessas verificadas na boca de qualquer torcedor comum. Por que diabos, afinal, uma instituição mais-que-centenária como o Flamengo ainda não possui estádio próprio?

A resposta ao questionamento remete à antológica frase cunhada pelo ex-presidente Márcio Braga, à época em que Ronaldo Fenômeno, então treinando em plena Gávea, surpreendeu a todos e assinou contrato com o Corinthians. Duramente questionado sobre o porquê de “o Flamengo não ter procurado Ronaldo”, Braga respondeu: “Porque ele não precisava ser procurado. Ronaldo já estava achado!”

A inexistência de uma arena rubro-negra vai ao encontro do que proferiu o ex-presidente. O Flamengo nunca construiu um estádio porque ele sempre teve um – o nome dele era Maracanã! Imagine-se sediado numa capital global como o Rio de Janeiro, há 60 anos coexistindo com aquele que, desde seu advento, se sacramentou como maior templo do futebol mundial? Mais: um estádio que por todo este tempo foi público, barato e disponível. Administrado por uma autarquia estadual (a Suderj), sempre cedido a preço de custo, sem maiores ônus, burocracias ou entroncamentos com calendário de shows. Era só pegar a chave e usar.

Por tudo isto, o Maracanã foi a casa não só do Flamengo como do Fluminense e do Botafogo – Vasco em menor escala.  Em tempos de hiperinflação, crédito restrito e enormes instabilidades políticas e econômicas, não fazia o menor sentido imaginar a hipótese de se construiu um estádio de ponta no Rio até bem pouco tempo. É verdade que a partir da década de 90 o Flamengo se notabilizou por um sem número de péssimas administrações, mas se existe um fardo que aquelas diretorias não podem carregar é este.

Situação bem diferente do que se verificava em São Paulo, por exemplo. Nunca houve, na maior metrópole brasileira, um grande estádio público de direito – apenas de fato. Talvez por analogia com o Rio, os paulistas tomaram para si o Morumbi, particular e pertencente ao São Paulo Futebol. Os tempos de convivência pacífica se foram, fazendo com que Corinthians e Palmeiras (também em menor escala) percebessem a burrada de depender do salão de festas alheio para o aniversário das crianças. Só pelos idos de 2010, e utilizando-se de instrumentos diametralmente opostos, movimentou-se no sentido da construção da Arena Corinthians e do Allianz Parque.

Importante compreender este contexto para que possamos novamente aterrissar em 2017, ano em que o Flamengo se aproxima dos últimos dias naquele que foi seu grande companheiro de glórias e derrocadas. Vivendo o ocaso da administração Odebrecht, o Maracanã ainda receberá ao menos um jogo do Flamengo pela Copa Libertadores – mês que vem, contra o Atlético-PR. A partir de então, foi dado o xeque-mate. E ele veio na forma de um edital publicado ontem no site oficial rubro-negro. Utilizando-se de um instrumento denominado “permuta com torna”, o Fla se prepara para ceder seu maior patrimônio – edifício do Morro da Viúva – em troca de algo. Pode perfeitamente ser um terreno. Para bom entendedor, meia palavra basta.

Prejudicado pela histórica existência de um bendito e predatório Maracanã, o Flamengo finalmente parece concluir que a construção do estádio próprio se faz mais do que necessária: vital. Para tanto, foi preparada a casa provisória na Arena da Ilha, evitando ao time a chaga das cansativas viagens ao longo da temporada. Enquanto isto, tenta superar o que é visto como maior entrave à construção do estádio: o custo de aquisição do terreno. Especialistas atestam que para o custeio das obras em si, existe caixa.

Diante do exposto, é recomendável que a torcida rubro-negra curta, aproveite, desfrute ao máximo sua experiência no antigo “Maior do Mundo” – tão próxima de um divórcio definitivo e litigioso. Aos que se acham espertos, um toque: Eduardo Bandeira de Mello não será presidente para sempre, é verdade. Mas o Flamengo passa longe de ser o clube das épocas em que negociatas eram vistas como prato de comida.

Um grande abraço e saudações!

E-mail da coluna: teoriadosjogos@globo.com

Siga @vpaiva_btj


Torcedores do Flamengo - Foto: Cris Dissat / Fim de Jogo
DE PRIMA: Em levantamento sobre o público e renda dos 12 maiores clubes de futebol no Campeonato Brasileiro do ano passado, o Itáu BBA aponta que a média de público nos jogos teve uma queda de 9% em relação a 2015 (16,7 mil contra 15,2 mil). Já em relação ao tícket médio, o banco cita uma queda de apenas 4% mas ressalta que a redução é ainda maior, de 10%, se os valores passados forem corrigidos pela inflação com base no IPCA.

Nos comentários sobre o levantamento, a instituição financeira explica que “com a soma da queda de público e tícket, a receita foi menor, em termos reais, em 18%”.

No ranking dos clubes com os maiores tíckets médio no Brasileirão 2016, o Palmeiras liderou com valor em torno de R$ 68, seguido por Flamengo (R$ 56), Corinthians (R$ 53) e Santos (R$ 37). O Itaú BBA ressalta a influência do desempenho dos times nos valores, onde entre os quatro maiores tíckets médio estão os três primeiros colocados da competição no ano passado (Palmeiras, Santos e Flamengo).

Foto: Divulgação
BOTECO DO FLA: E então pintou aquela pizza metade Quatro Queijos e metade Óleo de Fígado de Bacalhau. Junto com a boa notícia de que o Maracanã será o palco para a partida contra o Atlético Paranaense na Liberta, veio a informação de que nosso velho e querido estádio, convalescente por dentro após as maquiagens fifenses e olímpicas, sai das mãos incompetentes da Odebrecht e vai para o controle de uns franceses que o Flamengo não vê com bons olhos.

No ping-pong “notícia boa, notícia má, notícia boa, notícia má...”, também pintou o papo de que o Flamengo começou a se mobilizar de verdade (mais uma vez) para negociar, através de permuta ou grana, o imóvel lá do Morro da Viúva, o que PODE... PODE... Significar um terreno (dessa vez concreto e não só cogitado) para a construção do Nosso Estádio.

Contudo, como essas coisas todas costumam demorar e viram sempre uma novela, a não ser que os gringos tenham uma carta na manga muito vantajosa para nós... Infelizmente a partida contra o Furacão pode ser, no mínimo, nossa despedida por um bom tempo do nosso palco favorito. Mas precisamos ser solidários. O “tino comercial” de alguém que pega o Maracanã para administrar, mesmo sabendo que não tem boas relações com seu principal usuário, é nível sabedoria Holmer Simpson. Repito: ou o povo do “oui, bonjour, petit pois, abajour” tem uma proposta muito boa e irrecusável para o Nosso Flamengo, ou eles acabaram de comprar uma rifa do Cristo Redentor, um terreno na Avenida Atlântica à esquerda de quem vai, uma réplica da Taça Libertadores do fluminenCe.

Como nós aqui do Boteco, além de não timófobos também não somos xenófobos, e como torcemos para que o Tio Bandeira seja duro em possíveis negociações com os “allez le bleu”, apesar da afinidade nas cores dos dois grupos envolvidos, seguem sugestões para um pós-vida para o Estádio Mário Filho Sem o Flamengo.

. DESCARTANDO OBVIEDADES. Em tempos remotos, enquanto ainda estava na faculdade, uma expressão símbolo para arrumar caminho para um negócio fadado ao fracasso era “derruba tudo e transforma em um estacionamento”. Não vai rolar. Pelas características da região, sem bola rolando não precisa de muito lugar pra guardar carro. E a construção grande ao lado, a Universidade do Estado do Rio de Janeiro, além de ter um espaço enorme para automóveis, anda tão ou mais abandonada que o Maracanã.

. ROCK IN RIO DE 15 EM 15 DIAS. Ia ser lucrativo em um primeiro momento, mas depois o povo ia enjoar. Fora o fato de que o festival sempre é com as mesmas bandas compostas por oitentões e a organização não sabe aproveitar as Divisões de Base do Rock. Em dois meses os vovôs do Guns, Mettalica, Red Hot e outros teriam que acabar usando o CT do Flamengo para ter condições de show, o que daria um trabalhão extra para o Ederson, que é que manda no Departamento Médico do bagulho.

. TIROS PRA TODOS OS LADOS. Apesar de fruto dos meus devaneios imbecis... Vocês já pensaram em um Mega Confronto Paintball nas dependências do Maraca? Algo do tipo 150 em cada equipe e podendo usar todas as dependências? Poderia até faturar um extra virando reality show.

. NÃO OBRAS JÁ COMEÇADAS. Apesar do trato que o Flamengo deu pra poder jogar lá, não é segredo pra ninguém que o treco tá uma ruína só. Se as não obras já estão iniciadas, porque não termos o nosso próprio Coliseu Carioca? É só prosseguir com o abandono e desleixo que em poucos anos chega lá. Inclusive poderia ser usado para batalhas de gladiadores com a turma do racha-cabeça existente em todos os clubes. Pensem bem... Tem uma galera que só quer mesmo brigar, a polícia não sabe o que fazer para evitar isso nos arredores dos estádios de futebol. Todo mundo ia sair ganhando.

. MUSEU DO FUTEBOL CARIOCA. Poderia conter fotos e itens de quando existia um Campeonato Carioca sensato, com cópias de regulamentos simples que foram extintos pela “jenialidade” dos cartolas. Material que provasse que já existiu realmente um Vasco Gigante e sem o Eurico. Fotos de quando o fluminenCe era apenas uma agremiação desportiva, antes de virar um escritório de advocacia. Do Botafogo... Do Botafogo... Ah... Só catar uns troféus na sala deles. Qualquer um há de ser relíquia e empoeirado o bastante para participar do museu.

. ALUGAR PRA PELADAS. Esse ia ser sucesso na certa. Alugar o campo para eventos, festas de confraternização de final de ano, peladas casados x solteiros em matrimônios e afins. Como o estádio antes da fifetização recebia partidas do Carioqueta com a participação da nanicada, o nível do futebol nem ia decair tanto assim.

. e- SPORTS. Essa é uma outra ideia que pode não ser tão absurda. Ando impressionado com o avanço da profissionalização dos campeonatos de games. Jamais pensei que poderia chegar a esse nível, com transmissões ao vivo pelos principais canais esportivos da TV. Apesar de discordar que uma partida de League of Legends possa ser considerada uma prática desportiva... Tendências são tendências. Já tem telão e lugar pro povo se acomodar.

. CONDOMÍNIO. Isso ia dar MUITO dinheiro. Derrubar tudo em volta, menos o campo, e construir um residencial luxuoso, cheio de infraestrutura, em que o campinho pra bater bola com os amigos no domingo pela manhã fosse simplesmente o Maracanã. Nisso tem as seguintes vantagens: Já tem piscina, quadra (Maracanãzinho), estacionamento, e até pista de atletismo. Boa parte da obra já está adiantada.

. JUSTIÇA TERRITORIAL. Na época do pré-Copa encheram o saco dos “índios” que moravam no terreno ao lado. Uma balbúrdia sem fim, manifestações com umas gostosas (cara-pálida) de peito pra fora, um circo. Tiraram o povo... E o terreno que ocupavam continua lá sem uso. Pede desculpas pra Tribo Do Short Adidas Falsificado e bota todo mundo pra plantar e colher no outrora Maior do Mundo.

. FUNÇÃO SOCIAL POPULISTA. Bem... Sem-Teto é o que não falta no Rio de Janeiro.

Posso estar até marcando um gol contra ao mostrar alternativas para o Novo Consórcio para uma vida sem o Flamengo, mas como penso que esse pode ser o momento/oportunidade que faltava para o Nosso Estádio começar a sair da Terra do Nunca para o Mundo Real... Acho que tá valendo.

Colem nas redes, urubus, UruBoas e Antis

Facebook e Instagram: Mercio Querido
Twitter: @sorinmercio
YouTube: Canal Boteco do Flamengo. As notícias mais relevantes do Planeta Flamengo e arredores... Comentadas de maneira irrelevante.

MKRdezign

{facebook#https://www.facebook.com/oficialsouflamengo} {twitter#https://www.twitter.com/SiteFlaHoje} {google-plus#https://plus.google.com/u/0/+FlamengoHoje} {youtube#https://www.youtube.com/create_channel}

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget